geral@fitproject.pt       917 769 566
 

Porque deve andar mais?

Andar é um exercício natural, económico e simples, mas não é por isso que os seus benefícios são menores. É um pequeno investimento que lhe oferece múltiplos e importantes ganhos para o seu corpo e mente. Cada passo que dá, vai protegendo e melhorando cada um dos sistemas orgânicos, músculos, ligamentos e tecidos, contribuindo para o bom funcionamento do corpo.

As diretrizes da Organização Mundial de Saúde recomendam 150 minutos de atividade física moderada e 75 minutos de atividade vigorosa por semana. A maioria das pessoas anda menos de 5000 passos por dia, o que, aliás, as classifica como “sedentárias”. A grande maioria de nós não necessita de se mover muito durante o dia e agora, com o confinamento, a minha aposta é que nos estamos a mexer-nos muito menos ainda.

Compreendo que nesta era da tecnologia e das técnicas avançadas de treino, o conselho para "andar mais" parece um pouco abaixo do esperado. O que eu quero que compreenda é que, não importa qual exercício, desporto ou prática de exercício físico faça, com a caminhada realmente melhorará. Uma das coisas que observámos nos últimos dezasseis anos como profissionais do exercício é que as pessoas não conseguem treinar muito mais.

Metodologias de treino modernas e sofisticadas tornaram-se populares. Agora pode comprar diferentes materiais para treinar. O mundo mudou. O que não mudou é a necessidade de carregar o nosso corpo. Podemos ir além afirmando que carregar nosso corpo não é uma escolha, é uma necessidade!

Se queremos pés fortes, precisamos de carregá-los. Os ossos, músculos, tendões, ligamentos e fáscias só ficam mais fortes se os carregarmos. Lembre-se, não foi há muito tempo que nós como espécie caminhávamos muito mais.

Não estamos apenas a assistir ao aumento dos níveis de doenças como diabetes, obesidade e hipertensão, como também a sofrer de aumentos significativos nas doenças músculo-esqueléticas. Outra é que, a dor nas costas é listada pela Organização Mundial da Saúde como a principal causa global de incapacidade.

Acontece que caminhar carregado, também conhecido na sua forma moderna como “Rucking”, é uma solução bastante segura de expor nosso corpo a cargas maiores que o peso corporal. Eu às vezes vou caminhar, mas também quero um pouco mais de dificuldade. Coloco uma mochila com uns sacos de areia de 5 Kg ou 10 Kg que carrego quando vou andar na montanha ou na cidade.

Carregar uma pequena carga numa mochila com algum peso na rua é fácil mas pode ser bastante benéfico. O “Rucking” não requer equipamento ou técnica sofisticada. Nós nascemos literalmente para isso. Temos prescrito períodos curtos de caminhada a pessoas que sofrem de dores nas costas (com e sem carga) e a evolução tem sido muito positiva.

Atualmente estamos todos “presos” em casa sem pode fazer os treinos que fazíamos nos ginásios ou piscinas ou nossas rotinas normais. Por isso, agora mais do que nunca é a hora de controlar o que podemos controlar. Podemos não ter os equipamentos cardiovasculares e halteres, mas ainda temos os pés. Faça umas caminhadas e se quiser algo mais desafiante coloque algum peso numa mochila (mas não abuse 😊).

Existem benefícios associados às caminhadas diárias, talvez não sejam logo percetíveis, mas decisivos para o seu bem-estar. Caminhando viverá mais anos e terá uma vida melhor.

Se tiver algumas dúvidas contacte-nos em www.fitproject.pt

Boas caminhadas!